quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

ARTIGO: UNCOARTROSE (CERVICAL)


UNCOARTROSE
(Por Dr. Luciano Barbizan, Fisioterapeuta.Fisioterapia Nota 10)


Sobre

Trata-se de um conjunto de alterações conseqüentes a artrose da coluna cervical. Com a idade, os discos intervertebrais perdem sua elasticidade, por perda progressiva do seu conteúdo de água. Os discos são normalmente nutridos a partir dos vasos sangüíneos das vértebras adjacentes, não tendo uma circulação sanguínea própria.

Quando a nutrição discal se torna insuficiente, há perda dos seus elementos constituintes, que leva a redução da altura do disco, da sua resistência aos movimentos e aos traumas, mesmo pequenos, facilitando a sua rotura e degeneração. Estas alterações discais são seguidas de reações ósseas das vértebras adjacentes, com a formação de osteófitos, "ou bicos-de-papagaio", que tendem a fundir as vértebras. Concomitantemente, há hipertrofia dos ligamentos e das outras articulações da coluna vertebral. Este conjunto de alterações pode determinar uma redução do canal vertebral e dos forames de conjugação.

O canal vertebral contém a medula espinhal, que é uma estrutura nervosa responsável pela transmissão de todos os impulsos nervosos que chegam dos membros ao cérebro e que levam os estímulos nervosos do cérebro para os nervos e, consequentemente, para os músculos do corpo.

 Os forames de conjugação são passagens laterais da coluna cervical por onde passam as raízes nervosas que formam os nervos para os membros superiores. Por elas trafegam os impulsos nervosos que trazem as informações sensitivas e os que levam as ordens do cérebro para os músculos se contraírem.

Sinais e sintomas

Sinal de Uncoartrose seria um inicio de desgaste nos processos unciformes das vértebras cervicais (localizadas na região do pescoço), esse desgaste, está prensando as raízes nervosas que saem das duas ultimas vértebras da coluna cervical, onde diminui o diâmetro dos forames intervertebrais, que são os “buracos” por onde passam as raízes nervosas, e a consequência disso é a compressão dessas raízes e a dor subsequente. Esses nervos são responsáveis pela irrigação dos braços e parte das costas, então é comum nessa situação que você esteja sentindo dor nos braços, com sensação de formigamentos e perda de força muscular, leves sensações de tremores.

Etiopatogenia 

Existem fatores genéticos, hereditários, ambientais, físicos e ou mecânicos que podem levar a Uncoartrose. Esses fatores raramente atuam separadamente, portanto atuam no organismo em conjunto causando um quadro álgico que pode ser confundido com uma cervicalgia comum, um exame de radiografia pode ser imprescindível  para o fechamento do diagnóstico viabilizando assim um tratamento mais adequado.

Tratamento

O tratamento clínico é baseado em medicamentos analgésicos, antiinflamatórios e condroprotetores (como o sulfato de glucosamina e sulfato de condroitina) e tem que ser associado a fisioterapia para que tenha um efeito satisfatório.

A fisioterapia tem como objetivo nesses casos, além de ajudar na analgesia e na ação antiinflamatória, realinhar o posicionamento das vértebras e, com isso, reduzir as conseqüências da artrose. O tratamento fisioterápico baseia-se em eletroterapia (com ou sem calor, depende da fase em que se encontra a enfermidade), crioterapia, reeducação postural global, osteopatia, quiropraxia e etc., lembrando que o tratamento fisioterápico só deve ser prescrito por um profissional fisioterapeuta.

8 comentários:

  1. DOUTOR tenho uma dor diária muito forte no pescoço e na cabeça , já faz 9 meses, fiz tomografia computadorizada do crânio conclusão: normal , fiz ressonância magnética de crânio conclusão :normal , fiz ressonância magnética da coluna cervical conclusão : pequena uncoartrose á direita em C3 - C4 , sem evidências de repercussões sobre as estruturas nervosas , faço fisioterapia e aculputura á 7 meses e não tenho melhora , comecei a sentir isso á pós um efeito chicote que tive dormindo em um onibos , meu medico já marcou a cirurgia para bloquear a dor , o q vc acha , grato !!!

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Sou a enfermeira Patrícia, e por meio deste blog, apenas divulgo informação e conhecimento acerca de alguns tópicos de saúde.

    Te aconselho sempre consultar mais uma opinião médica para a certeza sobre o procedimento. Pois cuidado é fundamental. E para qualquer tratamento, é sempre bom ter a clareza sobre as vantagens e desvantagens.

    Caso queira opinião do Dr. que escreveu este artigo, entre no site "Fisioterapia Nota 10", assim creio que obterás alguma resposta.

    Agradeço a participação no Blog.

    Vamos gerar saúde!!!

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de saber qual a diferença de esclerose interapofisária e esclerose múltipla?

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Infelizmente, não possuo amplo conhecimento acerca destes temas. Eles estão intimamente relacionados ao sistema nervoso, que de alguma forma,afetam o corpo humano.

    Aconselho buscar orientações com um médico Reumatologista e outros especialistas.

    Mas, para obter algumas informações, acesse:

    - ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE ESCLEROSE MÚTIPLA
    http://www.anem.org.pt

    - ESCLEROSE MÚLTIPLA EM AÇÃO- NOVARTIS
    http://www.emacao.novartis.com.br/

    Obrigada por sua participação.
    Vamos Gerar Saúde!!!

    ResponderExcluir
  5. Patricia, boa noite.
    Eu tenho Uncoartrose cervical, epicondilites laterais e mediais nos cotovelos, cistos nos joelhos, dores nos calcanhares, e artrose na coluna lombar e sacro-ilíca, ou seja atraves do meu reumatologista e (US;RX,RM), tudo já comprovado que tenho Artrite Psoriásica.
    Já estou em tratamento e afastamento há 3 anos, tomando MTX, Citaloplan,Ciclobenzaprina,Piroxican,Revange,Indometacina,e Arava.O que vc acha qual será o meu resultado? Sendo q sou motorista(funcionário público), sendo que estes medicamentos nos causam tonturas, visão borrada, zumbidos no ouvido....etc? Grato pela resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá caro motorista,

      Como não disponho de conhecimento suficiente para responder a sua dúvida, especificamente, sugiro que:

      - Converse com o seu médico sobre isto, de modo que ele negocie com você outros tipos de tratamento que não venha prejudicá-lo profissionalmente e em suas demais atividades cotidianas;

      - Caso seja necessário, busque orientação com outro reumatologista especialista no assunto, para novos esclarecimentos... Mas primeiro, converse com o médico que já te acompanha.

      Agradeço sua participação no blog,

      Vamos Gera Saúde!!!

      Excluir
  6. Ola sou branca tenho uncoartrose e bico de papagaio sou cuidadora ele tem mais de noventa quilo sinto muita dor queimacao no pescoco no braco uma sensacao de fraqueza e o braco estaf todo enchado o quê faco

    ResponderExcluir
  7. Olá Branca,

    Primeiramente, agradeço a sua participação no Blog.

    Recomendo que procures enquanto antes, um acompanhamento pelo médico ortopedista, a fim de avaliá-la, e acredito que este irá indicar um tratamento com fisioterapia.

    Vamos Gerar Saúde!!!

    ResponderExcluir